Literatura

A tristeza

atristeza
imagem: Cassiano Rodka

por Isabel Dall’Agnol

Nos olhos cansados,
de um silêncio lastimado,
derramou-se o pesar.

Nas mãos esgotadas,
de tanto desencontro,
desabrochou o
descontentamento.

Nos lábios secos,
abatidos de anseios,
rompeu-se a solidão.

No corpo aniquilado,
desmanchado de dor,
deitou-se a tristeza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s