Literatura

Segredo

segredo_p2
imagem: José Calimero

por Marcella Marx

Escrevi o meu

Com caneta bem preta em papel bem branco.
Dobrei em tantas vezes,
Quantas a resistência daquele meio me permitiu.

Depois, o meti na boca
E com medo de vomitar as palavras escritas
Engoli água doce pra tentar afogá-las dentro de mim.

Não tardou sentir: ele agora, nadava.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s