John Zorn – The Song Project

The Song Project - Moers Festival 17-May-2013.png

por Cassiano Rodka

Para celebrar o seu aniversário de 60 anos, o músico John Zorn decidiu selecionar algumas das músicas instrumentais de seu vasto repertório e dá-las para alguns de seus cantores preferidos. Os vocalistas deveriam então compor letras para aquelas melodias, criando uma nova interpretação para canções representativas de várias épocas de sua carreira. O resultado é o maravilhoso The Song Project.

Lançado apenas em vinil, o box traz 12 canções em 6 singles coloridos, uma música de cada lado. O formato parece ter sido criado para que o ouvinte realmente pare para escutar atentamente cada faixa, pois temos que remover a agulha e começar o processo de novo a cada canção. Com um projeto visual caprichado e letras impressas, o momento de apreciação dessa obra torna-se facilmente delicioso.

Os intérpretes escolhidos são três cantores bem diferentes entre si: o vocalista do Faith No More (e de duzentas outras bandas) Mike Patton, a cantora argentina Sofia Rei e o compositor nova-iorquino Jesse Harris, responsável por vários hits de Norah Jones. Enquanto os dois últimos interpretam três músicas, Patton canta seis das doze canções, incluindo versões de dois clássicos do Naked City, “Batman” e “Osaka Bondage”. Uma de suas interpretações, “Perfect Crime”, teve a letra escrita por ninguém menos que Sean Lennon, que deixou pública sua felicidade em ver suas palavras interpretadas por Patton ao postar em seu Twitter e Instagram que depois disso “já poderia se aposentar”.

Sean Lennon Twitter Patton.pngPara gravar as novas versões, Zorn reuniu uma banda invejável de excelentes músicos, incluindo o percussionista brasileiro Cyro Baptista, o baixista do Mr. Bungle/Fantômas Trevor Dunn, o tecladista John Medeski do trio de jazz Medeski Martin & Wood, o lendário guitarrista avant-garde Marc Ribot, o vibrafonista Kenny Wollesen do grupo New Klezmer Trio e o baterista Joey Baron, que já tocou com Zorn em alguns de seus principais projetos, como Naked City e Masada.

A banda saiu em turnê para apresentar este trabalho, resultando no CD ao vivo “The Song Project Live at Le Poisson Rouge”, gravado em Nova York. A apresentação é primorosa e mostra a gama de melodias que John Zorn criou ao longo de sua carreira, desde o peso experimental do Naked City até as faixas mais melodiosas de projetos como Dreamers e Masada. Há dois shows completos no YouTube, coloca um deles aí para tocar e delicie-se com The Song Project!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s