Ainda estou aqui

Ainda estou aqui_P2.png
imagem: Cassiano Rodka

por Clarice Casado

Achava que estava parando de escrever, mas ainda não sabia por quê.
Estava tão manhosa e triste,
“Eu tenho medo de ficar sem ti, minha alma de escritora…”.
Eu sentei – como sempre faço uma vez por semana, porque meu espírito fica em êxtase – no café de uma livraria, e comecei a ler um livro de poemas, tão lindo e inspirador, uma coletânea de novos poetas.
Comprei também poemas de Oswald com ilustras de Tarsila e Segall, um livro sobre estrutura do romance do Kundera, ensaios do Galeano, dois livros sobre feminismo e quatro presentes.
Então senti uma brisa do mar, que veio de dentro de mim: não identifiquei maresia, só uma luzinha acesa.
Era fraquinha, porém tão cheia de energia, que acendeu meus instintos.
Acho que era (é) a escritora me avisando: “ainda estou aqui”.
Esta mini história pode ser um poema, porque acabei de decidir.
Yes. I’m still here, loyal readers.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s