Música

El Efecto: jazz e rock com azeite de dendê

El Efecto

A banda carioca El Efecto faz um som deliciosamente inclassificável. Samba, metal, jazz, frevo e muito experimentalismo se mesclam em melodias que fazem bastante uso de silêncios e mudanças de tempo, gerando canções orgânicas com estruturas bastante peculiares.

A brasilidade é forte, mas o liquidificador de referências nunca deixa as músicas ficarem presas dentro de um só gênero. Em uma mesma canção escutamos ecos de Caetano Veloso, Los Hermanos, Chico Science e Sepultura. Há influência de muitos ritmos latinos de fora do Brasil também, como o tango metaleiro de “O Último Tango” e a salsa/ska de “Pedras e Sonhos”.

Escutando o som dos caras, é impossível não pensar nas complexas estruturas musicais do Mr. Bungie. Já no primeiro disco, na faixa “Tilt”, podemos escutar um riff que lembra “My Ass Is on Fire” e uma das frases da letra é cantada em jogral a la “The Air-Conditioned Nightmare”. As letras trazem críticas políticas e comentários sociais corrosivos. Em “Adeus Adeus”, os caras criticam a religião através de um gospel bluesístico cheio de trocadilhos sutis. Já em “O encontro de Lampião com Eike Batista”, surge o questionamento do valor das coisas e do poder do dinheiro em uma faixa repentista que parece ser uma versão contemporânea de “Geni e o Zepelim” de Chico Buarque.

Os clipes do grupo sempre mostram basicamente a banda tocando a faixa e os shows também evitam figurinos, cenários e outras distrações, deixando claro que o foco principal é a música. As apresentações são enérgicas e altamente recomendáveis para entrar em contato pela primeira vez com o som do El Efecto. No início deste ano, foi disponibilizado no Spotify e no YouTube uma apresentação no Méier no Rio de Janeiro, que funciona muito bem como um cartão de visitas para conhecer o que a banda já produziu até hoje.

Com 15 anos completos, o grupo está pronto para uma nova fase que vem com o lançamento de um novo disco em 2018, intitulado Memórias do Fogo. Um vídeo para a canção “O Drama da Humana Manada” já foi divulgado, dando um gostinho do que vem pela frente. A canção foi descrita pelo grupo como “um samba de breque em solidariedade à luta dos trabalhadores e trabalhadoras, de hoje e de sempre, contra a precarização da vida”. Então te prepara que o El Efecto ainda tem muito a dizer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s