Oscar 2018 – As Previsões

oscar-2018

     Prepare seu smoking, marque seu salão: a noite de gala do cinema se aproxima! Podemos esperar um pouco do de sempre: vestidos glamorosos (outros nem tanto), badalação, surpresas, discursos emocionados e homenagens aos falecidos. Por outro lado, teremos novidades também. Depois do #OscarSoWhite do ano passado tivemos uma preocupação grande da Academia com a representatividade desde as escolhas dos indicados (Greta Gerwig é a quinta mulher NA HISTÓRIA a ser indicada a Melhor Diretora por “Lady Bird” e o excelente “Corra!” teve múltiplas indicações) até aos apresentadores.  A atriz chilena Daniela Vega, que faz o longa chileno “Uma Mulher Fantástica”, será a primeira pessoa trans a apresentar um prêmio no Oscar. Certas ausências também serão importantes: Casey Afleck, vencedor do prêmio de Melhor Ator no ano passado, romperá uma tradição e não entregará a estatueta de Melhor Atriz esse ano. O envolvimento dele em casos de estupro e abuso sexual e a seriedade com que essas questões passaram a ser encaradas mais recentemente (com o movimento #me_too tornando-se fundamental) certamente colaboraram para que isso acontecesse.

Enfim, será uma noite de emoções, de gala, de festa. E também de protestos, injustiças e escolhas inusitadas, temos certeza. Dito isso, vamos partir para os nossos palpites da noite:

Melhor Filme

Indicados: “The Post – A Guerra Secreta” (The Post, Steven Spielberg, 2017), “Dunkirk” (Christopher Nolan, 2017), “Lady Bird – Hora de Voar” (Lady Bird, Greta Gerwig, 2017), “Trama Fantasma” (Phantom Thread, Paul Thomas Anderson, 2017), “Corra!” (Get out!, Jordan Peele, 2017), “Três Anúncios Para Um Crime” (Three Billboards Outside Ebbing, Missouri, Martin McDonagh, 2017), “O Destino De Uma Nação” (The Darkest Hour, Joe Wright, 2017), “Me Chame Pelo Seu Nome” (Call Me By Your Name, Lucca Guadagnino, 2017).

itunes-trailers

Nos últimos anos a premiação nessa categoria tem sido embaçada. Tradicionalmente o vencedor de Melhor Filme também leva o de Melhor Diretor e é o vencedor do PGA. Em 2016 “Spotlight” venceu Melhor Filme sem levar nem o PGA (A Grande Aposta) nem Melhor Diretor (Alejandro Iñarritú, por “O Regresso”). Em 2017 “Moonlight” levou Melhor Filme sem levar Melhor Diretor (Foi Damian Chazelle por “La La Land”) nem o PGA (“La La Land, novamente). Ainda assim, aposto na tradição. “A Forma da Água” levou o PGA, o DGA e tem Guillermo del Toro indicado ao prêmio de melhor diretor. É o favorito e acredito que deva ser o vencedor na categoria. O concorrente mais forte é “Três Anúncios Para Um Crime”, que pode sim fazer o crime (!!) e levar a estatueta. O filme de Martin McDonagh levou o prêmio de Melhor Elenco do SAG enquanto a fábula de del Toro não foi sequer indicada na categoria. “Dunkirk”, o filme tecnicamente mais bem acabado de todos eles, e “Me Chame Pelo Seu Nome”, o mais bonito entre os indicados, correm mais por fora. “Me Chame Pelo Seu Nome” é um pouco prejudicado, sim, pela vitória de “Moonlight” ano passado. Por mais que não haja NENHUMA relação direta entre os dois filmes, muita gente na Academia repete o bordão de “já premiamos isso ano passado.

Enfim, GANHA: “A Forma da Água

MEU VOTO: “Dunkirk

MELHOR DIRETOR

Indicados: Christopher Nolan (por “Dunkirk”), Greta Gerwig (por “Lady Bird”), Jordan Peele (por “Corra!”), Gullermo del Toro (por “A Forma da Água), Paul Thomas Anderson (por “Trama Fantasma”)

best-director

Historicamente essa categoria é casada com a de melhor filme. Nos últimos 20 anos estiveram juntas treze vezes. Também é verdade que nos últimos cinco anos essa situação mudou: os prêmios só estiveram juntos em 2015, quando Alejandro Iñarritú venceu junto com seu “Birdman (ou a Inesperada Virtude da Ignorância)”. Ainda assim, acho que esse ano os prêmios vão casar e del Toro vai levar sua estatueta para casa. Além de ter feito um filme lindo, que homenageia o cinema e a própria Hollywood, o que a Academia gosta bastante, ele mesmo é bastante querido no meio e há o consenso que “já fez por merecer”. Se o prêmio não for de del Toro, deve acabar nas mãos de Nolan, outro que será premiado mais cedo ou mais tarde, se não hoje. Greta Gerwig ou Jordan Peele seriam surpresas chocantes. São duas carreiras ainda muito iniciantes. Paul Thomas Anderson, por outro lado, tem uma carreira consolidada e é o único dos indicados a estar concorrendo por uma segunda vez. Tudo isso pode pesar a seu favor.

Enfim, GANHA: Guillermo del Toro.

MEU VOTO: Christopher Nolan

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Indicados: Martin McDonagh (por “Três Anúncios Para Um Crime”), Greta Gerwig (por “Lady Bird – Hora de Voar”), Jordan Peele (por “Corra!”), Guillermo del Toro e Vanessa Taylor (por “A Forma da Água”), Kumal Nanjiani e Emily V Gordon (por “Doentes de Amor”).

best-original-screenplay

Esse deve ser o prêmio para “Três Anúncios”, que conta uma história maravilhosamente bem contada. E será justo. É um roteiro direto e conciso, com reviravoltas nas horas exatas e personagens multidimensionais. É difícil gostar de alguém em “Três Anúncios”. Mas é difícil odiar completamente também. O filme levou o prêmio do WGA e deve, sem surpresas, levar o Oscar também.

Enfim, GANHA: “Três Anúncios Para Um Crime

MEU VOTO: “Três Anúncios Para Um Crime

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

Indicados: Aaron Sorkin (por “A Grande Jogada”), Dee Rees e Virgil Williams (por “Mudbound – Lágrimas Sobre o Mississipi”), James Ivory (por “Me Chame Pelo Seu Nome”), James Mangold, Scott Frank e Michael Green (por “Logan”), Scott Neustadter e Michael H. Weber (por “O Artista do Desastre”).

best-adapted-screenplay

A grande (e boa) surpresa dessa categoria foi a indicação de “Logan”. Os filmes de heróis costumam ser levados em consideração pela Academia só nos quesitos técnicos, como figurino, efeitos visuais e som. As categorias mais “nobres” em geral ignoram solenemente esses filmes (mesmo quando alguns deles mereciam, sim, mais consideração). “Logan” é a despedida de Hugh Jackman do papel de Wolverine e finalmente traz uma história que faz juz ao baixinho mais enfezado do Canadá. Não tem nenhuma chance de vencer, mas só ter sido lembrado já é um avanço interessante. O prêmio deve ir para “Me Chame Pelo Seu Nome”, um roteiro muito bonito e sensível que conta uma história de personagens extremamente críveis e cativantes. Além disso, o prêmio de roteiro muitas vezes é uma espécie de “prêmio de consolação” para filmes um pouco mais artísticos e de alta qualidade que não tem chance de levar o prêmio de “Melhor Filme”

Enfim, GANHA: “Me Chame Pelo Seu Nome

MEU VOTO: “Me Chame Pelo Seu Nome

MELHOR ATRIZ

Indicadas: Saoirse Ronan (por “Lady Bird – Hora de Voar”), Frances McDormand (por “Três Anúncios Para Um Crime”), Sally Hawkins (por “A Forma da Água”), Margot Robbie (por “Eu, Tonya”), Meryl Streep (por “The Post – A Guerra Secreta”).

best-actress

Essa categoria sempre é incrível, esse ano não é diferente. Saoirse Ronan tem a sua terceira indicação (segunda como Melhor Atriz, uma como Melhor Atriz Coadjuvante) e será premiada logo (mas não esse ano). A disputa, eu acho, fica entre a excelente Frances McDormand, que conduz “Três Anúncios Para um Crime”, e a encantadora Sally Hawkins, que protagoniza “A Forma da Água”. Margot Robbie está sensacional com a triste e debochada história da patinadora Tonya Harding, mas pelo menos por enquanto a Academia deve considerar que a indicação já é prêmio suficiente para ela. Meryl Streep está indicada a Melhor Atriz pela décima nona vez (ganhou duas) e deve encarar mais uma derrota.

Enfim, GANHA: Frances McDormand.

MEU VOTO: Bah, esse é difícil. Sally McRobbie. Frances Robkins. Margot McHawkins. Qualquer uma das três estão sensacionais.

MELHOR ATOR

Indicados: Gary Oldman (por “O Destino de Uma Nação), Daniel Day-Lewis (por “Trama Fantasma”), Daniel Kaluuya (por “Corra!”), Timothée Chalemet (por “Me Chame Pelo Seu Nome”), Denzel Washington (por “Roman J. Israel, Esq.”)

best-actor

Talvez a categoria mais fácil de prever. Apesar da presença de Day-Lewis, Gary Oldman levou todos os prêmios da temporada e vai ser uma surpresa muito grande se não for ele a receber a estatueta das mãos de Emma Stone. Oldman se transformou para viver Winston Churchill e o pessoal da Academia ADORA tanto uma grande transformação física quanto um bom personagem histórico. Por tudo isso, as chances de todos os outros ficam bastante reduzidas. Pena que vai sobrar a atuação maravilhosa do jovem Timothée Chalemet, que faz Elio em “Me Chame Pelo Seu Nome”, que nos conduz pelo filme de uma forma leve, doce e absolutamente natural.

Enfim, GANHA: Gary Oldman

MEU VOTO: Timothée Chalemet

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE:

Indicadas: Octavia Spencer (por “A Forma da Água”), Laurie Metcalf (por “Lady Bird – Hora de Voar”), Leslie Manville (por “A Trama Fantasma”), Allison Janney (por “Eu, Tonya”), Mary J. Blidge (por “Mudbound – Lágrimas Sobre o Mississipi”).

best-supporting-actress

Todas as atuações são excelentes. Mary J Blidge está indicada também por “Melhor Canção” e talvez seja a maior surpresa da categoria. A premiação deve ficar com Laurie Metcalf ou Allison Janney. Ambas fazem outro dos papeis preferidos da Academia: a mãe intensa. No caso de Janney, intensa e abusiva, bastante abusiva. As cenas dela com Margot Robbie em “Eu, Tonya” são bem chocantes e não por acaso ela tem levado a maioria dos prêmios sérios da temporada. Não deixa de ser interessante que Metcalf, que ficou conhecida como “a mãe do Sheldon”, esteja concorrendo por um papel como… “mãe”. Falando em “mãe”, podemos lembrar de um esquecimento. Michelle Pfeiffer poderia estar indicada pela atuação sensacional em “Mãe!”, se o filme não tivesse sido COMPLETAMENTE esnobado pela Academia. A própria Jennifer Lawrence, aliás, poderia ter sido indicada a Melhor Atriz, também.

Enfim, GANHA: Allison Janney

MEU VOTO: Allison Janney.

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Indicados: Sam Rockwell (por “Três Anúncios Para Um Crime”), Woody Harrelson (por “Três Anúncios Para Um Crime”), Richard Jenkins (por “A Forma da Água”), Christopher Plummer (por “Todo O Dinheiro do Mundo”), Willem Dafoe (por “Projeto Florida”).

best-supporting-actor

Antes da temporada começar, todos tinham Kevin Spacey como o grande favorito dessa categoria. Vieram as denúncias de assédio e estupro e as chances dele viraram pó. Ridley Scott e a equipe de “Todo Dinheiro do Mundo” tomaram uma decisão inédita: tiraram Spacey do filme DEPOIS de o filme estar pronto. Plummer foi convocado e inserido digitalmente no lugar dele e só por isso foi indicado. Essa indicação, aliás, é um dos tantos sinais que a Academia está dando de mudanças importantes. A não indicação de James Franco a Melhor Ator por “O Artista do Desastre” e a solene ignorada em “Roda Gigante”, de Woody Allen, são sinais claros de que o tempo de tolerância e silêncio sobre determinadas posturas em Hollywood acabou. Sam Rockwell faz um trabalho muito bom e deve ser o vencedor por “Três Anúncios”. Jenkins (que está muito bem em “A Forma da Água”) pode ter chance se acontecer de “A Forma da Água” levar um caminhão de prêmios e ele for “carregado” pelo filme, mas acho improvável.

Enfim, GANHA: Sam Rockwell

MEU VOTO: Sam Rockwell

Enfim, prepare a sua pipoca e olho nos comentários amanhã! Durante a cerimônia vou estar dando os tradicionais palpites e comentários no twitter, no @prof_pedro . Aparece por lá!

 

PS: quase todas as montagenzinhas bacanas de fotos desse post foram tiradas daqui

Um comentário sobre “Oscar 2018 – As Previsões

  1. Baita texto, Pedro! Adoro teus inteligentes palpites sobre o Oscar! Não vi ainda todos, mas meu favorito sem dúvidas é “Three Billboards”! Adorei “Call me by your name” também! “Lady Bird”, confesso, me deixou um pouco decepcionada. Tive a sensação de já ter visto aquilo ali… Mas sei da importância da Greta para o novo movimento feminista.
    abraço!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s