Quadrinhos

Uma Nação Sob Nossos Pés

pantera-negra-uma-nacao-sob-nossos-pes

                Em 2017 o universo cinematográfico da Marvel vinha entrando num ciclo perigoso de confiar em fórmulas de sucesso já testadas e repetir-se. A carta tirada da manga foi o sensacional “Pantera Negra”, de Ryan Coogler, no início de 2018. O sucesso do filme abriu espaço para que a  Panini pudesse publicar alguma coisa do ótimo material que a Marvel anda produzindo nos EUA. Assim chegaram aqui, em 2018, os três volumes de “Uma Nação Sob Nossos Pés”, de Ta-Nehisi Coates ilustrados por Brian Stelfreeze e Chris Sprouse.

                Ao chamar Coates para escrever as histórias de T´Chala, a Marvel faz uma aposta de sair do lugar comum: Ta-Nehisi Coates é um escritor premiado, frequentemente na lista dos mais vendidos do New York Times, mas nunca tinha escrito quadrinhos antes. Não é exatamente incomum isso por parte das grandes editoras. A DC, por exemplo, obteve êxito da mesma forma quando entregou um personagem clássico, o Sandman, nas mãos de um “novato”, Neil Gaiman. A mesma DC começou a reinventar a sua Liga da Justiça quando o também “virgem” de quadrinhos Brad Meltzer.

                “Uma Nação Sob Nossos Pés” nos apresenta a Wakanda que nos embasbacou no cinema de uma maneira toda diferente. O trono estava com irmã de T´Challa, Shuri, que faleceu. Não há unanimidade no Reino a respeito do reinado de T´Challa. Wakanda foi atacada pelos atlantes de Namor e pela Ordem Negra de Thanos, mostrando-se mais vulnerável do que nunca. Há divergências entre o povo. Há fome. Há revolta. Há dissidentes querendo tomar o poder (ou derrubá-lo) e há aproveitadores de fora querendo tirar uma casquinha do vibranium de Wakanda.

plano-critico-uma-nac3a7c3a3o-sob-nossos-pc3a9s-livro-3-pantera-negra-zuri-tetu-reveladora-plano-critico-black-panther-marvel-coats-600x400
Wakanda enfrenta uma série de ameaças, a maioria delas vinda de dentro

                T´Challa embarca numa jornada na tentativa de reconstruir seu país e torna-lo, novamente “uma nação sob nossos pés” (como diz o título, enfim). Ao mesmo tempo, a jornada também é pessoal: a morte de Shuri talvez não seja exatamente uma morte e o seu resgate não será simples. T´Challa tem que fazer as pazes com sua nação, com sua família e consigo mesmo. Não vai ser fácil.

                Coates mergulha nas referências da negritude e da africanidade com bastante força. O traço de Stelfreeze o ajuda bastante, com muitas cores e uma riqueza de detalhes que nos remete ao continente africano. A flora e a fauna, eterno clichê, estão presentes na medida certa. O autor também faz uma escolha a respeito do elenco de apoio: os outros heróis da Marvel que aparecem na trama (Tempestade, Luke Cage, Misty Knight, Dobra) são todos negros e isso não é uma coincidência. O autor inclusive faz o próprio T´Challa verbalizar essa intencionalidade.

black-panther-and-the-crew-e1495081930165-768x496
Misty Knight, Luke Cage e Tempestade aparecem em Wakanda para dar uma força.

                “Uma Nação Sob Nossos Pés” é uma história de reconstrução e de busca pela identidade. A identidade do herói e a identidade de seu país, que por muitas vezes se confundem. A ideia de construir uma narrativa de negritude, do início ao fim, faz com que a história seja muito rica. Diferente de muitos dos quadrinhos de herói da atualidade, “Uma Nação Sob Nossos Pés” não exige um alto conhecimento sobre 50 anos de quadrinhos e é uma leitura que se sustenta só, ainda que abra uma série de possibilidades de desdobramentos e enriquecimentos da mitologia do personagem.

a4c41faa2b9c3203caabda8856d59eef-_sx1280_ql80_ttd_
Wakanda no traço sempre deslumbrante de Jack Kirby

                Vale destacar ainda as histórias-bônus que vem nas edições, onde temos a primeira aparição do Pantera Negra por nada mais nada menos que Stan “The Man” Lee e Jack “King” Kirby, a estreia do vilão Killmonger (que fascinou a todos no cinema vivido por Michael B. Jordan) e outros momentos clássicos da trajetória do Pantera Negra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s