Quadrinhos

Apocalipse zumbi em São Paulo

spm-volumes
Capas dos quatro volumes de São Paulo dos Mortos.

Uma horda de mortos-vivos toma a Avenida Paulista, um time de futebol é atacado no Estádio do Pacaembu e vários corpos se amontoam pelo bairro Santa Cecília. Essas são apenas algumas das cenas bizarras encontradas nos quatro volumes de São Paulo dos Mortos.

Criada e escrita por Daniel Esteves, a HQ nos apresenta o apocalipse zumbi acontecendo na maior capital do Brasil. Utilizando pontos clássicos da cidade como cenário, o roteirista conta diversas histórias ilustradas por diferentes desenhistas.

No primeiro volume, encontramos cinco histórias curtas. Ora bem humoradas, ora mais sombrias, as narrativas seguem personagens em situações extremas, tendo que lutar pelas próprias vidas em meio a uma infestação de mortos-vivos. Apesar de ter personagens interessantes, as histórias são um tanto rápidas e não nos dão tempo suficiente para criar uma conexão com eles. Esse problema parece ter sido identificado e corrigido no segundo volume.

SPM-vol01.jpg
Página do 1º volume de São Paulo dos Mortos.

A segunda edição da revista aposta em uma única história. Com arte de Alex Rodrigues, “Mortoboy” (baita título!) conta as desventuras de Deivison, um entregador de… bem, o que você quiser. Durante o apocalipse zumbi, o motoqueiro resolve se virar fazendo trocas para sobreviver em meio ao caos. O personagem é super cativante e a história é mais envolvente que as anteriores, o que fez com que o personagem retornasse no volume seguinte.

SPM-Mortoboy.jpg
Introdução do primeiro personagem recorrente, Deivison. 

A terceira revista explora mais a fundo a criação de personagens permanentes, adicionando ao time a patinadora Gabi e sua fiel escudeira, a cadela Furiosa, e o misterioso e apático dentista conhecido apenas como Doutor. Os personagens e as histórias são ótimos e as tramas se cruzam, inclusive com personagens dos dois primeiros números. O que nos leva novamente ao encontro de Deivison, que se mete em uma cilada junto com o Doutor em uma de suas peculiares entregas. Esse volume merecidamente ganhou o 29º Troféu HQ Mix em 2017 na categoria “Melhor Publicação Independente de Grupo”.

spm-doutor
O insensível e taciturno Doutor.

Em seu quarto e mais recente volume, Daniel Esteves foca mais uma vez em contar apenas uma história. Com o traço de Sueli Mendes, conhecemos mais da vida e da personalidade de Gabi e sua cadela Furiosa, conectando um pouco do seu passado com o seu trágico presente. Lançado na CCXP de 2018, o gibi parece ter ganhado um adendo de última hora bem propício aos tempos atuais: o epílogo desenhado por Al Stefano mostra Gabi enfrentando um tipo diferente de zumbi, algo que poderíamos apelidar de… zumbinions? É uma ótima mensagem de perseverança. Zumbis no Brasil? Não enquanto houver resistência!

SPM-Zumbisoldado.jpg
Vamos resistir! 

 

spm-samuel bono, al stefano, daniel esteves e alex rodrigues
Rodka com parte da equipe de SPM: Samuel Bono, Al Stefano, Daniel Esteves e Alex Rodrigues. 
SPM-Alex Rodrigues.jpg
Alex Rodrigues autografando…
spm photo 14-01-19 15 00 08
… Alex Rodrigues atacando!!
spm-photo-14-01-19-15-21-40.jpg
Sim, se você procurar, vai encontrar os desenhistas e o escritor nas páginas das revistas. Não é mesmo, Daniel Esteves?
spm photo 14-01-19 15 21 19
Confere, Al Stefano? 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s