Literatura

Cume

Cume
imagem: José Calimero

cada montanha
subo alto
tão mais perto do céu

penso que ali poderei respirar
mais profundo
quando distante

ali no alto
quanto mais deixo aquilo que sufoca para trás
sonho em tocar o céu e achar a paz
para esse aperto no peito
que por vezes parece me matar
quando apenas sobrevivo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s