Quadrinhos

Rancho do Corvo Dourado: Emília enfrenta o nazismo

Rancho do Corvo Dourado capa

O Brasil foi dominado por forças nazistas. O mundo está em guerra e o conservadorismo avança por todos os lados. Mas, no meio de uma floresta, um grupo de resistência procura virar o jogo antes que seja tarde demais. Acreditem ou não, estou falando sobre uma obra de ficção. Lançada na CCXP 2019, Rancho do Corvo Dourado é uma releitura muito bem vinda do Sítio do Picapau Amarelo.

Monteiro Lobato, o seu criador, ficou consagrado como um escritor primordial dentro da literatura infantil brasileira. Mas, ao mesmo tempo, sua figura tornou-se um tanto polêmica graças à publicação de textos racistas e, posteriormente, à descoberta de correspondências trocadas com um amigo onde ele expunha sua crença na superioridade branca e seu apoio à atuação da Ku Klux Klan no Brasil. Yep! Trevoso!

Subvertendo as ideias equivocadas de Lobato, a quadrinista Cris Camargo reuniu 12 artistas para recriarem o universo do Sítio do Picapau Amarelo. Nasceu, assim, o Rancho do Corvo Dourado, uma coletânea de histórias que reimaginam os icônicos personagens como defensores de uma fazenda que resiste à invasão nazista de um déspota no Brasil. Yep! Genial!

Rancho do Corvo Dourado 01

A atmosfera é steampunk, fazendo referências ao universo de Mad Max e Tank Girl, dentre outros clássicos pós-apocalípticos. Em uma das histórias, escrita e ilustrada por Luiza Lemos, Emília está determinada a acabar com um dos líderes racistas do país. Exibindo um belo moicano de pano, ela dirige um caminhão a toda velocidade dando tiros de pirlimpimpim nos inimigos, deixando claro que essa boneca não está pra brincadeira. Já em outra história, escrita por Felipe Morcelli e ilustrada por Juliano Sousa, Emília é um robô gigante movido a vapor construído para combater o adversário no maior estilo seriado japonês.

Alternando bom humor, aventura e terror, a HQ acerta o alvo ao trazer os personagens de Lobato para um universo fantástico que combate justamente todos os equívocos morais de seu criador. É como se eles tivessem uma chance de se redimir em nome do escritor, reinventando os seus papeis na história e encontrando um novo destino.

Rancho do Corvo Dourado 02

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: