Literatura

Lua em Escorpião

imagem: José Calimero

Nítidos lábios
Em delírio onírico,
Descompassados,
Passados a limpo,
Em preto e branco,
Ou em múltiplos tons
de incertezas
(Sem dúvidas?).
Alma despregada do corpo,
Buscando a tua.
Me penetras com teus olhos,
Me consomes, inteira.

Te desvendo em poucas palavras:
Manténs o controle,
para que tenhas apenas paz
e noites bem dormidas.
Ao rumo de ti mesma,
sigas.
Ao que te apraz,
Em todos os mínimos detalhes.
Danças magnânima,
Magnífica,
Sanguínea,
Envolta em teus véus de Vênus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: