Piras

Querido 2021

Olha que engraçado: há um tempo saí com uma pessoa e ela ficou surpresa que eu tenho 1,59m. Diz ela que minhas fotos no Insta e o fato de eu jogar handebol dão a impressão de que sou mais alta, sei lá. Mas quem nunca caiu nessa, não é mesmo? Pode ser a altura ou então achar que a pessoa vai ter uma voz e tem outra, ou então imaginar aquela pessoa com um cheiro e ter outro totalmente diferente. A questão é: expectativas foram criadas.

E quando a gente está na expectativa de um sexo incrível maravilhoso com aquela pessoa que está trovando há mil anos e, quando termina, pensa “era isso?” E isso não vale só pra dates, né? Ano passado eu pensei: “Nossa, tem muitas pessoas fazendo aquarela, vou fazer também”. E aí saiu algo tipo uma folha que foi molhada acidentalmente. Também vale para aquela festa que a amiga convenceu que seria A MELHOR FESTA DA VIDA, mas na real cê ficou 90% do tempo encostada no bar se esquivando de gente chata, irritada por não conseguir sentar e pensando que só queria estar em casa vendo sua série favorita e comendo pizza. Sabe o que eu tô falando?

Pois é, isso também serve para você, 2021. Eu penso em você e dou aquele suspiro de esperança de pensar que você será incrível e a nossa relação, maravilhosa! Só que, assim, pelo menos por enquanto, estou apenas vivendo o semestre 2020/3. E eu sei que recém é metade de janeiro mas ALTAS expectativas foram criadas para você! Sei lá, a galera entrou num delírio coletivo de que ia dar meia-noite, o corona ia sumir, o governo ia mudar e todo mundo ia tirar a máscara e começar a se lamber, sabe? Algo assim.

E aí vem a pergunta: tem como evitar a expectativa? Não. Ponto, é isso. Não tem como evitar porque ela não é controlável. E eu já digo pras pintas que vêm com o papinho de que não criam expectativa nenhuma: não seria o “não ter expectativa” JÁ uma expectativa porque a pessoa tá achando que nada de relevante vai acontecer. BAM. Ou ela está morta por dentro, também é uma possibilidade. E aí vou citar uma célebre frase de minha irmã: “A decepção é inevitável”. É isso. Se a expectativa sempre vem e é a gente que cria, a decepção é realmente inevitável. BUT o complemento da frase é o principal: “A decepção é inevitável, então aproveita”.

Acho que é quando a gente abraça esse aproveitar que aparece aquela coisa maravilhosa que é capaz de fazer a gente pensar “bah, isso aí superou minhas expectativas, hein?” chamada inesperado. Mas o louco do inesperado é que é justamente ele que pode fazer a expectativa virar uma frustração. Quantos acontecimentos inesperados em 2020 simplesmente jogaram pela janela vários planos e a expectativa de um ano incrível, não é mesmo?

Então talvez o foco aqui deva sair da pira de criar ou não expectativa e pensar: como é que eu lido com o inesperado? Qual é a nossa disposição para aceitar o que não estava previsto, seja bom ou ruim ou apenas diferente? O que fazemos com as frustrações? Como vivemos nossos lutos pelos planos que não vão sair como a gente imaginou?

E é pensando nisso tudo e tendo a certeza de que a decepção, pelo menos em alguns momentos, é certa que estou olhando pra você agora, 2021, e dizendo: querido, desculpa aí as minhas expectativas; o problema não é com você, é comigo. Você tem que entender que o meu ex, 2020, deixou muitas feridas abertas. E eu sei que você não é culpado pelas minhas antigas relações, mas peço um pouquinho de paciência e gentileza com esse coração e corpinho cansados. Mas, 2021, eu ainda tô botando fé que meu fechamento é você, mozão.

Um beijo! ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: