Música

Black Monk Time, do Monks

A banda Monks surgiu da reunião de cinco soldados norte-americanos que prestavam serviço militar em uma base em Frankfurt na Alemanha nos anos 60. Nenhum deles estava interessado em servir e, sempre que tinham tempo livre, eles se reuniam para tocar rock. 

Fugindo do pop que dominava as rádios, o foco era mais no ritmo do que na melodia, os vocais eram falados ou gritados e as guitarras eram simples e percussivas. Tinha a agrressividade do punk antes do punk existir. Tinha a repetição hipnótica da música eletrônica antes do gênero nascer. 

Eles lançaram apenas um único disco em 1966, intitulado “Black Monk Time”, que é uma pérola. Em 1967, a banda chegou a lançar dois singles um pouco mais convencionais, mas ainda assim eram muito à frente de seu tempo para as rádios. Sem ninguém entender nada, a banda acabou decidindo se separar.

Com o passar do tempo, o disco foi redescoberto e passou a ser citado como influência por músicos como Jack White, Iggy Pop e Jello Biafra, impulsionando um novo interesse na banda. O álbum foi relançado em vinil, com a adição de todos os singles e uma música inédita que era apenas tocada ao vivo. Vale a viagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: