Literatura

Desnamorada

Ilustração: Cassiano Rodka

Desnamoro,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Em todas as frequências,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Aquele vem e vai,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Não quero rótulos,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
e sim sal ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– e Liberdade. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Solenemente,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Afortunadamente,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ah, as minhas ondas…⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Engajo-me,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
E como não?⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Desnuda,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Em mim nado,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Freneticamente.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Desata-me⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
(Se puderes).⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sou como a água:⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Revolta,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Livre,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
E encontro meus caminhos,⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: